Alugar sem fiador é possível?

Hoje em dia, cada vez menos pessoas estão dispostas a ser fiador!

Alugar sem fiador – é possível? Vamos analisar esta questão a fundo e lhe trazer uma resposta absolutamente conclusiva. Leia todo o texto!

Alugar uma casa é algo bastante corriqueiro.

Advertisement

Apesar de, segundo o IBGE, a modalidade de aluguel de imóveis faz parte de cerca de 18,3% do número completo de moradias. Ainda assim é um número bastante alto.

Mas não se pode negar que existem hoje em dia alguns empecilhos para isso.

Especialmente quando falamos de uma forma de garantia que é oferecida ao proprietário: o fiador.

Segundo o Estadão, a figura do Fiador representava, em 2019, 46% dos negócios realizados entre proprietário e inquilino.

Advertisement

Contudo, hoje em dia, cada vez menos pessoas estão dispostas a ser fiador em caso de aluguel de casas.

Isso se deve aos altos níveis de inadimplência. Mas o que fazer neste caso?

Vamos responder essa pergunta e muito mais, nos seguintes tópicos:

Dicas Importantes para comprar um terreno

Alugar sem fiador – será que isso é possível?

Então voltamos à pergunta do início do texto.

E a resposta é sim! É completamente possível alugar um imóvel sem fiador.

Atualmente, existem algumas medidas que podem ser tomadas que substituem esta figura que alguns anos atrás era praticamente imprescindível.

Advertisement

Portanto, para entender isso melhor, vamos ver a seguir o que é um fiador e quais as maneiras de alugar uma casa sem ele.

Veja esse vídeo sobre Como Alugar Um Imóvel Sem Fiador:


Fiador: o que é e quando surgiu?

Fazendo parte da Lei do Inquilinato, que possui o número 8.425 e do ano de 1991, o Fiador é aquele que assume responsabilidades caso o inquilino não pague suas dívidas.

Sejam elas o aluguel e multas, sejam danos causados ao imóvel.

Inclusive, o fiador corre até o risco de ter seus bens levados à penhora (já que para ele assumir esta posição é necessário que tenha bens em seu nome) caso as dívidas não sejam pagas.

Logo, é bem fácil entender porque hoje em dia poucas pessoas estão dispostas a serem fiadores.

Portanto, o aluguel sem fiador se torna cada vez mais necessário.

Contudo, existem duas categorias diferentes:

  • O Fiador solidário: o que toma a responsabilidade para si da dívida;
  • E o Fiador Subsidiário: o que possui apenas os bens em risco após o locatário ter os seus bens devidamente executados.

O fiador, como dito, precisa ter ao menos um nem no seu nome, não estar em SERASA, nem SPC ou dívidas em aberto.

Sua renda também deve ser na ordem de 3 vezes o valor líquido do aluguel, mas isso pode mudar de imobiliária para imobiliária.

Complicado, não?

Por isso vamos mostrar quais opções você tem para fazer um aluguel sem fiador.

Conheça as diferentes opções de aluguel sem fiador

Pois é, então retiramos a opção do fiador da mesa. O que sobra?

Afinal, você vai deixar de alugar uma casa só porque ninguém quer correr o risco de se fiador, certo?

Por isso, é necessário ver quais opções que sobraram.

Por sorte, ainda existem diversas possibilidades de aluguel sem fiador.

Elas são:

  • Caução;
  • Seguro Fiança;
  • Cartão de crédito;
  • Título de capitalização;
  • Fundos de investimento.

Enfim, a seguir vamos pontuar cada uma dessas opções. Continue a ler!

A caução

Uma das formas mais comuns consiste em um acordo feito com a proprietário no qual você deposita em uma conta um determinado valor.

Ele tem que ser igual a até 3 meses o valor líquido do aluguel, e geralmente esta conta fica sob responsabilidade da imobiliária.

Ela vai administrar este dinheiro até o final de seu contrato.

O objetivo aqui é que o dinheiro seja usado caso o locatário atrase o aluguel, ou danifique de alguma forma o imóvel.

Então, é uma boa garantia para o proprietário e que não onera tanto quem vai alugar.

Uma boa vantagem deste modo é que o dinheiro voltará corrigido.

Então, se você garantir devolver o imóvel em perfeito estado e não perder nenhum mês de aluguel, pode ter certeza que este valor vai voltar maior.

O Seguro Fiança

Já nesta modalidade, uma seguradora é envolvida. Ou seja, você terá que pagar um acréscimo no valor do aluguel.

E certamente isso é um dos pontos negativos com relação ao seguro fiança.

Contudo, você também possui uma ótima vantagem: não é necessário desembolsar a quantia do caução na hora do aluguel.

Uma opção que é bem popular, especialmente se o locatário não tiver dinheiro na mão na hora do aluguel.

Além disso, dependendo da seguradora, ela também pode cobrir outros gastos, como multas, pinturas e ocasionais danos, por exemplo.

Contudo, ao usar esta opção, seu crédito será devidamente analisado, como em um seguro normal.

Aluguel sem fiador mas com Cartão de crédito

Daqui em diante, as práticas de aluguel sem ter uma pessoa como fiador são menos comuns, mas de fato são possibilidades que sua imobiliária pode oferecer.

Uma boa vantagem é que ela oferece menos entraves burocráticos.

Contudo, para usar este método, vai ser preciso ter um bom limite no cartão de crédito.

Geralmente, se pede que o limite seja da ordem de 4 vezes o aluguel do imóvel.

Sem contar que será necessário que tenha um bom controle de suas finanças de crédito caso precise cobrir algo.

Aluguel sem fiador com o título de capitalização

Quem for alugar um imóvel e não tem um fiador pode adquirir estes títulos.

Da mesma forma que o caução, você vai receber o valor colocado neste título ao final do contrato.

Aliás, é interessante que esta modalidade permite que o inquilino concorra a prêmios, dependendo do título negociado.

Com fundos de investimentos

Por fim, a última opção é um fundo de investimento.

Você compreende bem como funcionam as engrenagens do mercado de investimentos? Então esta opção pode ser ótima para você.

Similar ao Título de Capitalização, caso o locatário deixe de pagar aluguel, uma fatia do investimento vai para o proprietário.

Então, você pode definir se vai partir para uma renda fixa ou variável que, apesar de oferecer mais riscos, pode ser mais lucrativa.

Portanto, nós temos as duas primeiras modalidades, que são de fato mais comuns entre as imobiliárias, sendo as últimas 3 menos comuns.

Saiba mais sobre o Mercado Imobiliário, veja aqui.

Então, verifique de que forma é melhor para você na hora de dar uma garantia para o proprietário quando for fazer aluguel sem fiador.

Se gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais.

 

*Fonte: https://portaliptu.com.br/alugar-sem-fiador-e-possivel

Leia também

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade
Clique e Entre em Nosso Grupo 🥰