O que é Auditoria Fiscal?

Entenda como uma auditoria funciona!

Chamamos de Auditoria Fiscal o levantamento realizado em uma empresa para verificar como os tributos são gerenciados. Entenda como uma auditoria funciona neste texto.

Como podemos saber se uma empresa está recolhendo seus tributos? Será que o recolhimento dos tributos está acontecendo no valor correto?

Advertisement

Entretanto, essas são apenas duas das questões que uma auditoria responde.

Em síntese, são as auditorias que garantem o recolhimento dos impostos, com valores e em datas certas.

Mas, através dessas auditorias que empresas também têm a possibilidade de saberem se (legalmente) podem obter alguma vantagem tributária.

Um personagem importante para esse procedimento é o Auditor Fiscal. De fato, podemos chamá-lo de operador da lei, além de outros adjetivos devido a sua importância.

Advertisement

Neste texto, vamos explicar porque é tão importante a auditoria, como ela acontece, vantagens para a empresa e também falar sobre o auditor.

Sendo assim, convidamos você ler na íntegra este texto, dividido nos seguintes tópicos:


O que é isso

O que é e quando surgiu a Auditoria Fiscal

As estruturas organizacionais para arrecadar e fiscalizar impostos aqui no Brasil, começaram a existir já no século XVI.

Inicialmente, essas estruturas eram conhecidas como Provedorias, mais tarde as Alfândegas e posteriormente no século XIX, conhecemos o Tesouro Público Nacional.

Todas essas entidades e agora a mais atual a Receita Federal do Brasil, tem como propósito administrar montantes provenientes de impostos.

Resumidamente, a Receita Federal do Brasil foi instituída em 1968, em 20 de novembro e através do Criada pelo decreto nº 63.659.

Advertisement

Na conjuntura atual de Governo, a Receita Federal é um órgão que está interligado ao Ministério da Economia.

Retomando o que é Auditoria Fiscal, podemos resumir como sendo uma inspeção profissional e criteriosa que o Auditor Fiscal executa em empresas.

Veja esse vídeo sobre Auditoria Fiscal:

Lembrando que, através dessa análise realizada pelos auditores, não está apenas o objetivo de investigar a situação tributária dessa empresa, mais sim, ir além, como veremos a seguir.

Os objetivos da Auditoria Fiscal

Em síntese, o objetivo central de uma auditoria é ajudar as empresas a estarem dentro das Leis tributárias, mas também para que aproveitem o máximo dos sistemas de tributação.

Outra meta de uma auditoria é garantir que a empresa tribute seus produtos corretamente para que não haja prejuízos aos seus consumidores.

Afinal, quando uma empresa não tem clareza na tributação dos seus produtos corre riscos. Pode por exemplo, ser notificada pelo abuso de imposto, tornando- a alvo de investigações.

Contudo, uma baixa tributação também gera problemas às organizações, primeiro porque ela passa a ter prejuízos e segundo porque deixa de ser competitiva.

Além disso, uma auditoria tributária, por exemplo, é relevante por se tratar de um ferramenta que auxilia as empresas a melhorar a compliance fiscal.

Lembrando que, compliance fiscal se descreve como um conjunto de técnicas e ações que objetivam a execução das regras estabelecidas na legislação fiscal da empresa.

Essa ferramenta é de suma importância para gerenciar os mais de 70 impostos em vigor a nível municipal, no estado e também de respaldo federal.

Como funciona Auditoria Fiscal ou Tributária

Em suma, a auditoria é realizada analisando documentos e rotinas fiscais e com a investigação dos tributos que a empresa deve recolher, considerando datas e valores.

Falamos anteriormente sobre o Auditor Fiscal. Esse profissional é designado pela Receita Federal e tem tarefas bem claras, entre elas conferir lançamentos tributários e apreciar lançamentos contábeis de empresas.

Outra tarefa deste profissional é orientar o contribuinte para que entenda a legislação tributária, o que justifica ainda mais a importância de uma auditoria.

No entanto, as auditorias também são realizadas por contadores autônomos. Neste caso, o profissional é externo, ou seja, sem vínculos com a empresa.

Nessas situações, o auditor avalia a documentação da empresa, relaciona os tributos pertinentes e então, faz análises como valores de impostos, datas e outras regulamentações.

Basicamente, na lista de impostos analisados em auditorias, além dos principais como PIS — Programa de Integração Social; COFINS — Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social e o IRPJ — Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, ainda estão:

  • Imposto sobre Produtos Industrializados – IPI;
  • Contribuição Social sobre o Lucro Líquido – CSSL;
  • ISS — Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza – ISS.

Considerando que são vários os impostos analisados em uma Auditoria Fiscal, o trabalho é intenso e precisa de muita idoneidade.

Particularmente para que as empresas auditadas não recebam notificações, tampouco multas, situações que prejudicam a saúde financeira da empresa.

Mas para que o auditor obtenha o melhor do seu trabalho, ele precisará de documentos para analisar. Vejamos a seguir quais seriam esse.

O que são documentos de auditoria?

Em síntese, os documentos de auditoria são os “papéis”, registros onde se possa encontrar os valores pagos e as datas em que foram pagos.

No passado, as auditorias eram processos exaustivos. Demoravam dias e havia poucas empresas que realizavam essa tarefa.

Uma das primeiras empresas autônomas de auditoria, a DeloitteToucheTohmatsu, nasceu no Rio de Janeiro, precisamente no ano de 1911.

Mas, foram muitas as mudanças nos últimos anos. A modernização possibilitou a execução de auditorias de forma rápida.

Com o cruzamento de informações, disponíveis em tempo real, os auditores tomam conhecimento das movimentações de todas as empresas em pouquíssimo tempo.

Logo, não há necessidade dos auditores se locomoverem até as empresas para avaliar a situação dos tributos no que tange ao cumprimento da Lei Tributária.

As vantagens da Auditoria para as empresas

Sem dúvida, são muitas as vantagens, tanto de uma auditoria contábil como fiscal para as empresas.

Pode-se destacar os principais benefícios de uma auditoria como:

  • A melhor maneira de evitar problemas com o fisco: na auditoria há a prevenção de falhas na arrecadação de tributos e também uma correção;
  • Identificar desvios: caso existam desvios na empresa, a auditoria irá identificar e apontar os culpados;
  • Minimizar erros fiscais: além de evitar falhas com o fisco, os auditores podem fazer recomendações para a empresa reduzir erros na operação com tributos;
  • Auxiliar no crescimento da empresa: para uma empresa crescer, precisa de saúde fiscal. A auditoria é o melhor instrumento para isso, pois aponta falhas e soluções simultaneamente.

Enfim, vimos neste texto o que é uma Auditoria Fiscal, por que é importante, como ela ocorre e também a tarefa do Auditor Fiscal.

Saiba mais sobre os serviços da Receita Federal, veja aqui.

Esperamos ter ajudado você a entender mais sobre esse tema e por isso, sugerimos que compartilhe em suas redes sociais para auxiliar mais empresas.

 

*Fonte: https://sitereceita.com.br/o-que-e-auditoria-fiscal

Leia também

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade
Clique e Entre em Nosso Grupo 🥰